Brasileiros criam vídeo falso e prejudicam ator americano

Recentemente Jason Momoa, o “Aquaman” foi acusado de assédio, por conta de um vídeo circulou nas redes sociais mostrando ele supostamente apalpando os seios de sua própria filha. Acontece, que foi descoberto logo depois, que se tratava de um vídeo editado e manipulado por um grupo de brasileiros com intenção de prejudicá-lo. Depois do vídeo viralizar na internet e chegar até o conhecimento do próprio ator, que sofreu inúmeros ataques sendo chamado de assediador machista, a assessoria jurídica disse que está tomando medidas judiciais cabíveis para punir os responsáveis e garantir que sejam presos.

Fonte: Curiozone